Hcor evolui sem perder a essência

Hospital inova, mantém o coração como um de seus focos e se consolida como um dos mais qualificados em cardiologia no Brasil.

Os dados chamam a atenção: de acordo com uma publicação do Global Burden of Cardiovascular Disease Group em dezembro de 2020, o número de pessoas com doença cardiovascular passou de 257 milhões em 1990 para 523 milhões em 2019, ou seja, mais do que dobrou, enquanto o número de mortes por doença cardiovascular passou de 12,1 milhões em 1990 para 18,6 milhões em 2019.

No Brasil No Brasil não é diferente: são cerca de 400 mil vítimas por ano. E há sinais preocupantes. Dados do portal de estatísticas da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) mostram que, depois 25 anos em queda, a incidência de mortes causadas por problemas cardíacos vem apresentando ligeira alta desde 2015. A boa notícia é que, até 2030, a Organização Mundial da Saúde (OMS) quer reduzir em 30% a mortalidade prematura por doenças não transmissíveis, entre as quais estão as doenças cardiovasculares.

“No caso do Hcor, embora seja um hospital de cunho geral com mais de 50 especialidades, a cardiologia é a nossa essência, nossa principal especialidade. Isso não deve mudar. Acompanhamos nossos pacientes em todas as suas necessidades. Da prevenção à alta complexidade”, diz o superintendente médico da organização, Gabriel Dalla Costa, acrescentando que uma das metas é posicionar o Hcor entre as instalações mais qualificadas em cardiologia do País. Hoje, mais da metade dos atendimentos ambulatoriais, cirurgias, exames e internações já estão ligados à especialidade.

Para conseguir isso, a estrutura vai além do atendimento. Com mais de 45 anos de dedicação às doenças do coração no currículo, o Hcor coleciona feitos que o habilitam como um centro global da especialidade. O hospital tem 11 patentes reconhecidas nos EUA e, só no ano passado, foram 60 projetos de pesquisa que geraram mais de 120 artigos científicos. “Isso se traduz em uma rápida transferência de resultados de pesquisas em aplicação clínica, produzindo benefícios para a comunidade como um todo”, completa Fabio Jatene, líder médico de Cardiologia do Hcor.

Além da excelência, Dalla Costa ressalta a amplitude da vocação dos centros de referência: “temos que discutir não apenas altíssima complexidade e gravidade. As instituições de excelência são fundamentais para apoiar e liderar iniciativas, tanto na saúde suplementar quanto no Sistema Único de Saúde (SUS), que estimulem a prevenção de doenças e a promoção da saúde, por meio do combate a fatores de risco potencialmente evitáveis, os quais respondem por uma fração expressiva das doenças cardiovasculares.”

Alta complexidade

Essa interação com pesquisa e ensino contribui para qualificar o corpo clínico. “Temos profissionais que são referência em nível internacional. Contar com um grupo que está sempre atualizado, ensinando e produzindo conhecimento, é um ativo de imenso valor”, diz Dalla Costa.

Essa é uma vantagem em um momento em que a medicina está ficando mais complexa, reflexo também da transição demográfica das últimas décadas. Com a população vivendo mais, os pacientes tendem a ter mais doenças crônicas. “Hcor tem capacidade de proporcionar tratamento completo aos portadores de diferentes doenças do coração, que, cada vez mais, apresentam maior complexidade”, avalia Jatene.

Ter outras especialidades a mão é outro ponto a favor. “Para que possamos oferecer um atendimento integral, precisamos também fortalecer e qualificar outras especialidades”, complementa Dalla Costa, apontando que, nos últimos anos, ortopedia, neurologia e oncologia, bem como a medicina diagnóstica, vêm ganhando papel estratégico dentro do portfólio do Hcor.

Há ainda um cuidado especial para que todas as especialidades atuem de forma convergente. “Cada vez mais buscamos organizar o cuidado em torno da jornada do paciente, através de times que atuem com um caráter interdisciplinar. E não apenas das especialidades médicas, mas, também, das outras áreas do conhecimento que nos dão apoio e nos permitem olhar o doente de forma ainda mais ampla”, diz Dalla Costa.

Baseado em São Paulo e recebendo pacientes de todo o Brasil desde a sua fundação, em 1976, o Hcor, que até pouco tempo chamava-se – por extenso – Hospital do Coração, reposicionou recentemente sua marca. A mudança no nome e na marca vem acompanhada de um plano de expansão e modernização. Ao longo dos próximos cinco anos, a instituição vai continuar investindo em estrutura, qualificação de processos, projetos de inovação e pessoas para proporcionar a melhor jornada aos seus pacientes. O Hcor possui, há muitos anos, programas que são referência em qualidade e que têm importante impacto social em diversas áreas da cardiologia, como, por exemplo, cardiopatia congênita, insuficiência cardíaca, doenças valvares e cardiopatia estrutural, cardiopatia isquêmica, arritmias e eletro fisiologia, reabilitação, imagem e doenças da aorta. “A evolução da medicina impõe cada vez mais a necessidade de trabalharmos em equipe para melhor servir aos pacientes. Nos próximos anos, devemos qualificar e ampliar a estrutura física, além de reorganizar o modelo de atendimento por meio de centros de excelência. O objetivo é potencializar, dentro de cada área, os seguintes elementos: assistência, ensino, pesquisa, responsabilidade social, inovação e sustentabilidade, sempre tendo como meta principal a melhoria do cuidado de cada paciente no contexto da complexidade da sua vida, respeitando a sua singularidade”, arremata Dalla Costa.

Melhor Convênio Médico

Melhor Convênio Médico

Equipe de Comunicação e Marketing RSIM Consultoria.

Deixe seu comentário

Sobre Nós

RSIM  se especializou em convênios com a finalidade de identificar e oferecer os Melhores Convênios Médicos a nossos clientes.

Como resultado firmamos parcerias com as melhores empresas de planos de saúde do país. 

Oferecemos o que existe de melhor em prevenção, acompanhamento e cuidados com a saúde.

Recent Posts

Siga-nos

Conheça a RSIM - A empresa que possui os Melhores Convênios Médicos do Mercado

Precisando de Renda Extra?

Conheça nosso Programa Corretor Parceiro e obtenha uma renda que pode variar de R$5 mil à R$50 mil reais mensais ou até mais!

Solicite um Orçamento!

Entre em contato conosco e tenha acesso aos melhores convênios médicos com o melhor preço do mercado.